Desde 1990, quando se elegeu deputado estadual pela primeira vez, que o deputado Nelter Queiroz vem sendo “pé frio” para o Governo do Estado.

Todos os candidatos que ele declarava voto já tomado posse como deputado perderam para governador. Foi assim com Lavoisier Maia (1994), José Agripino (1998), Fernando Freire (2002), Garibaldi Filho (2006), Iberê Ferreira (2010), Henrique Alves (2014), Robinson Faria/Carlos Eduardo (2018). Será que com Fábio Dantas, Queiroz vai quebrar paradigmas?

Fonte: Igor Costa