Foto: El Caminante/Pixabay

O Ministério da Saúde da Argentina anunciou, neste domingo, que foi detectado o primeiro caso suspeito de varíola do macaco do país. O paciente, que mora na província de Buenos Aires, mas viajou à Espanha entre os dias 28 de abril e 16 de maio, está isolado e apresenta bom estado clínico geral, conforme noticiou o portal “Infobae”. O diagnóstico ainda está sob investigação, afirmou a ministra Carla Vizzotti.

De acordo com o Ministério da Saúde argentino, uma amostra foi coletada e enviada ao Laboratório Nacional de Referência INEI-ANLIS Dr. Carlos G. Malbrán para que seja feita uma análise etiológica.

“Enquanto aguardam os resultados, foi formada equipe de trabalho em conjunto com a província de Buenos Aires e a Cidade Autônoma de Buenos Aires, para coordenar ações clínicas, diagnósticas e epidemiológicas para confirmar ou descartar o caso, prestar atendimento clínico adequado e implementar todas as medidas de controle de foco para evitar uma possível transmissão”, alertou a pasta.

O indivíduo procurou atendimento médico na cidade de Buenos Aires neste domingo, apresentando “sintomas compatíveis com a varíola do macaco”, como “feridas em diferentes partes do corpo e febre”.

O Globo

Foto: Reprodução

Um homem percorreu mais de 102 quilômetros para prestar um concurso público, neste domingo (22/5), em Campo Grande, mas teve um baita susto quando estava a cerca de 1 quilômetro do local da prova. O carro que dirigia pegou fogo e ele precisou pegar carona para chegar a tempo do exame.

O concurseiro havia saído de Nova Alvorada do Sul (MS) para fazer a prova da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural de Mato Grosso do Sul (Agraer).

O carro ficou completamente destruído e dois extintores de incêndio chegaram a ser usados para tentar combater às chamas, mas sem sucesso.

Imagens foram divulgadas pelo portal JD1TV. Veja vídeo:

Metrópoles

Foto: Ilustrativa/Divulgação

O número de atendimentos a pessoas com transtornos mentais e comportamentais cresceu 32% em Natal desde 2018. O aumento acompanha uma tendência nacional vista nos números de atendimento do Sistema Único de Saúde (SUS).

Em Natal, a porta de entrada para esse acolhimento é na atenção primária, através das Unidades Básicas (UBS). De acordo com o coordenador de Saúde Mental da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Luís Fernando Pires, o município também dispõe de policlínicas e cinco Centros de Atenção Psicossocial (CAPS).

Conforme dados da SMS, os cinco CAPS da cidade do Natal registraram 32.070 atendimentos em 2021, sendo ofertados serviços de psiquiatria, clínica geral, psicologia, matriciamento, entre outros. É como se três natalenses por hora procurassem atendimento ao longo do ano inteiro.

Esse número representa um crescimento de 32,09% quando comparado aos registros de 2018 (24.279). Em 2020, foram 23.711 atendimentos, tendo uma leve redução ocasionada pela pandemia. Segundo o coordenador, esse aumento na procura dos serviços da Rede de Atenção Psicossocial (RAPS) já era previsto.

“Ainda estamos vivendo um cenário caminhando para o fim da pandemia. Esse incremento na rede já era um diagnóstico situacional esperado, pelos efeitos do isolamento social, desemprego, medo do adoecimento e das perdas familiares durante esse período. É algo que vem sobrecarregando a rede e estamos desenhando novas estratégias de cuidado com novas contratações e capacitações dos profissionais”, relata.

Tribuna do Norte

Foto: Emmanuel DUNAND/AFP

A adesão da Ucrânia à União Europeia (UE) “levará, provavelmente, 15, ou 20, anos” – estimou o ministro-delegado francês para Assuntos Europeus, Clément Beaune, nesse domingo (22).

Beaune acredita que, antes disso, Kiev poderá entrar na comunidade política europeia proposta pelo presidente da França, Emmanuel Macron.

“Temos que ser honestos (…) Se dissermos que a Ucrânia entrará na UE em seis meses, um ano, ou dois anos, estamos mentindo. Não é verdade. Provavelmente será em 10, ou 20, anos”, disse o ministro em uma entrevista à rádio J.

“Enquanto isso, devemos aos ucranianos (…) um projeto político, no qual eles possam entrar”, continuou.

No começo de maio, Macron propôs a criação de uma “comunidade política europeia” como um “complemento” ao processo de adesão. No sábado (21), porém, o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, criticou a proposta e insistiu no início imediato do processo para a plena adesão de seu país à UE.

Correio Braziliense

Foto: Reprodução

O atendente do McDonald’s Mateus Domingues Carvalho (foto em destaque), 21 anos, confirmou que foi baleado por um sargento do Corpo de Bombeiros Paulo César de Souza Albuquerque após uma discussão por causa de um cupom de desconto. “Eu levei um tiro por causa de R$ 4”, disse, em entrevista ao Fantástico, da TV Globo, nesse domingo (22/5).

O rapaz que estava internado no Hospital Marcos Moraes, na Tijuca, teve alta na quarta-feira (18/5). Ele passou por cirurgia no Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, e perdeu o rim esquerdo. A bala atingiu ainda o intestino e se alojou nas costas.

O rapaz, que estava feliz com o primeiro emprego de carteira assinada, falou pela primeira vez sobre o caso. Ele contou que tudo ocorreu por volta das 2h do dia 9 de maio.

O salão da lanchonete na Taquara estava fechado e os clientes usavam o serviço drive-thru. “Quando chegou por volta das 2h tinha um carro na frente, antes dele (do bombeiro). Estava muito cheio de gente e nisso ele já estava bem alterado lá atrás. Buzinando muito, muito, muito”, disse.

Segundo o jovem, o homem se irritou porque o atendente não considerou o cupom do desconto, apresentado após o pedido ter sido feito. “Foi uma coisa muito fútil, cara. Se ele esperasse um minuto eu ia chamar o gerente, ele ia bater o cupom. Ele ia levar o que ele queria”, ressaltou Mateus.

Mateus está usando uma bolsa de colostomia e vai passar por outra cirurgia para retirá-la em dois meses. “Minha vida mudou literalmente da noite para o dia”, afirmou.

Metrópoles

Foto: Twitter @NYPDBklynSouth / Reprodução

Um homem de 30 anos, cuja identidade não foi revelada, morreu após terminar o percurso da Meia Maratona do Brooklyn, em Nova York, nos EUA, neste sábado, informaram as autoridades. Segundo o “New York Post”, o corredor caiu na rua desmaiado e foi socorrido ao Hospital Coney Island, onde foi declarado morto. Acredita-se que ele tenha sofrido uma parada cardíaca por volta das 9h (no horário local), mas a causa da morte ainda não foi oficialmente determinada.

Outras 16 pessoas foram hospitalizadas, ainda de acordo com o “Post”, sendo cinco com ferimentos graves.

As autoridades acreditam que boa parte delas tenha passado mal devido ao calor, para os parâmetros locais. Às 9h do horário de Nova York, os termômetros marcavam 21 graus, informou a “Fox”. Pelo menos quatro outras pessoas desmaiaram perto da linha de chegada, conforme o relato de um policial.

O grupo New York Road Runners, que organiza a meia maratona, emitiu uma nota destacando que “a saúde e a segurança dos nossos corredores, voluntários, parceiros e funcionários continuam sendo a principal prioridade da NYRR”.

Foto: reprodução

Depois de alguns anos, o Rio Grande do Norte (RN) voltou a ser o maior produtor de petróleo do Brasil em terra, posição que havia perdido quando a Petrobras tomou a decisão de parar de investir nos seus “campos maduros”, que deixaram de ser interessante para quem tinha o desfio do Pré-sal.

A produção do RN, que chegou a atingir 120 mil barris/dia e tornou-se irrisória quando a Petrobrás botou todas as suas fichas no Présal.

Depois da venda dos “campos maduros” e chegada dos produtores independentes, já atingiu uma marca estável de 35 mil barris/dia, que lhe coloca em primeiro lugar na produção de petróleo em terra, com um aumento de 300 %  desde que as empresas independentes começaram a operar.

Mas a tendência é de crescimento e a meta é ultrapassar a posição anterior.

Hoje, o Rio Grande do Norte (RN) ocupa o sexto lugar na produção geral, mas a tendência é de crescimento com novos investimentos e novas tecnologias.

Portal Grande Ponto com informações da Tribuna do Norte

Foto: Reprodução/YouTube Givaldo Alves – O mendigo

O ex-morador de rua Givaldo Alves de Souza, que ganhou fama após ser flagrado mantendo relação sexual com uma mulher casada em um carro em Planaltina (DF), já foi condenado e cumpriu oito ano de prisão pelo crime de extorsão mediante sequestro cometido no estado de São Paulo, em julho de 2004. Antes disso, ele já tinha passagem pela polícia por furto. Givaldo só foi autorizado a deixar a cadeia em abril de 2013, quase nove anos depois. A informação foi revelada pelo jornal “Estado de Minas” e confirmada pelo O Globo nos processos as quais o ex-sem-teto respondeu.

Em vídeo divulgado na sexta-feira, Givaldo comenta sobre a prisão, sem entrar em detalhes, e afirma que não voltou a ser envolver com “coisas erradas”. Ele atribui o episódio à influência de amizades que tinha na época e se diz arrependido.

— Esse tempo depois que eu saí da prisão não tem sido fácil, mas eu tenho me esforçado demais, e tenho conseguido. Tanto que não me envolvi com coisas erradas. E isso já faz quase dez anos. Para mim, cada ano é uma vitória — afirma, sem mencionar o motivo da condenação. Ele ainda acrescenta: — É como diz um ditado: quem se junta com porco, farelo come. Naquele momento de um convite, você jamais vai pensar que vai chegar a um desastre. Só quando realmente acontece… Eu tenho essa experiência para falar para vocês.

Procurado, o advogado de Gilvado não retornou aos contatos da reportagem.

De acordo com o processo que trata do sequestro, Givaldo foi preso em flagrante no dia 1º de julho de 2014 após invadir uma casa e cobrar pelo resgate da vítima. Na ocasião, foi levado para a Penitenciária de Flórida Paulista, a 600 km da capital do estado. O crime lhe rendeu uma pena de 17 anos de prisão.

Em 2013, contudo, a Justiça revisou a condenação para a pena mínima, de oito anos, ao considerar que não houve os chamados “qualificadores” do crime, quando, por exemplo, é cometido por uma organização ou bando. Assim, como Givaldo já havia cumprido o período da pena, foi concedido o alvará de soltura no dia 18 de abril daquele ano.

Na ocasião da prisão, Givaldo informou à Justiça um endereço em São Miguel Paulista, na zona leste da capital paulista, como sendo a sua residência.

Os registros da Justiça de São Paulo também mostram que o ex-sem-teto também respondeu por furto ocorrido em novembro de 2000. Ele foi condenado em 2005, quando já estava preso, a dois anos de reclusão. Ao dar a sentença, o juiz entendeu como agravante o uso de chave falsa e a participação de mais pessoas.

Nos processos a que responde, há ao menos três números de RGs diferentes atribuídos a Givaldo, que é natural de Pilão Arcado, na Bahia. Pelo nome dos pais, porém, é possível identificar se tratar da mesma pessoa.

No vídeo divulgado na sexta-feira, Givaldo atribui o período que viveu nas ruas de Planaltina à falta de oportunidade de trabalho após empresários “puxarem o CPF” para checar antecedentes criminais. Na gravação, ele faz um apelo a empresários:

— Tenho batido em muitas portas e sei da dificuldade. Quando for alguém em suas empresas e pedir um trabalho, quando fazem a ficha e puxam CPF e veem que a pessoa já errou, se vocês não derem oportunidade, como o cara vai ser reintegrado socialmente? Como vai ser ressocializado? Ele ficou sem apoio. Como vai viver? Quando tinha errado, ele estava trancado, o Estado manda comida. É oprimido, mas mantém ele com vida. Quando em sociedade, ele precisa do apoio dos senhores.

Influencer

Givaldo Alves, de 48 anos, ganhou fama nacional após o caso em Planaltina. Na ocasião, ele foi flagrado tendo relações sexuais com a mulher do personal trainer Eduardo Alves de Souza. Ela estava, de acordo com laudo médico, em surto psicótico quando abordou o morador de rua e o levou para dentro de seu próprio carro. O marido flagrou os dois, na noite do dia 9 de março e, descontrolado, bateu em Gilvado, que teve várias lesões e chegou a ser internado.

A Polícia Civil do DF concluiu a investigação do caso na sexta-feira passada e concluiu não ter ocorrido estupro de vulnerável. O personal acusou Givaldo de estupro já que por ter problemas psicológicos sua mulher não teria condições de consentir com o ato.

Além disso, houve indiciamento do marido da mulher por lesão corporal, por ele ter espancado Gilvado. A polícia ainda indiciou o ex-sem-teto por difamação.

O Globo

Imagem: Reprodução/Daily Mail

Um homem sobreviveu após ficar com uma lâmina de 14 centímetros presa na garganta durante uma briga de bar em Shildon, na Inglaterra. A informação é do jornal britânico Daily Mail.

Durante o julgamento do agressor, Thomas Brazell, o juiz relatou que o cabo da faca quebrou e ficou preso dentro do pescoço da vítima. O objeto foi retirado durante cirurgia. O homem passa bem, mas não consegue mais mover o braço direito. Ele, que era jardineiro, não conseguiu retornar ao trabalho.

“A vítima não consegue levantar peso ou fechar a mão direita, não pode trabalhar como jardineiro”, disse o juiz Nathan Adams. “Este homem é incrivelmente sortudo por estar vivo, mas vai sofrer as consequências deste ataque pelo resto de sua vida

Brazell confessou o crime e foi condenado a sete anos e dois meses de prisão. Ao se defender, ele contou que brigou com a vítima em um bar. Após serem expulsos do local, a vítima e outros dois homens apareceram na frente da casa onde Brazell morava com o pai com pedaços de pau.

Ele disse que o homem tentou atingi-lo quatro vezes antes que ele revidasse com uma faca de cozinha, e que se arrependia do ataque.

Ao sentenciar Brazell, o juiz disse esperar que ele usasse esse tempo para refletir sobre suas ações. “Como vimos aqui, crimes com arma branca têm consequências devastadoras não só para a vítima, mas para todos os envolvidos”, declarou.

UOL

 

 

Em Florânia, o prefeito não cumpriu promessa feita quanto à Praça do bairro “Passagem das Flores” e, é ironizado pela população, que deixa em evidência o lixo que toma todo o local e nada da praça que seria construída no lugar. Em tempos em que a tecnologia reina e as redes sociais são uma febre, fica difícil esconder ou negar depois de uma palavra dada. E, o povo como sempre, está certo. Temos que cobrar, reivindicar os nossos direitos e, claro, sem descumprir os deveres. Caso o prefeito ou representantes queiram se pronunciar, o “De Olho no RN” deixa o espaço aberto.

 

Tem circulado nas redes sociais o vídeo de uma mãe denunciando um caso de racismo contra seu filho ocorrido no colégio Marista.

A criança, segundo vídeos publicados pela mãe Jackeline Brito, na internet, sofreu diversos episódios de racismo na escola, sendo muitos deles na presença de professores e funcionários da escola. Em um dos episódios, ele chegou a ser perseguido e chutado pelos colegas de classe.

“A escola fez pouco caso e disse que era exagero da minha irmã. Invalidaram a dor do amor da minha vida e toda dor e luta de uma mãe pela dignidade do seu filho”, disse a tia da criança em outro post.

Resposta do Marista

Nas redes sociais, a escola divulgou nota em que diz estar “em diálogo com a família do estudante, referente ao caso denunciado nas redes sociais, e tratando da situação”.

“Não pactuamos com nenhum tipo de preconceito e não permitiremos que nenhum tipo de ação danosa à vida passe despercebida em nossa escola”, diz trecho da nota.

Foto: Divulgação/OMS

A OMS (Organização Mundial da Saúde) disse que novos casos de varíola dos macacos devem ser identificados à medida que a organização expande a sua vigilância em países onde o vírus não costuma ser encontrado. Até sábado (21.mai.2022), 92 infecções foram confirmadas e outras 28 estavam sob investigação em 12 países.

“A situação está evoluindo e a OMS espera que haja mais casos de varíola dos macacos identificados à medida que a vigilância se expande em países não endêmicos”, disse a agência de saúde em comunicado.

“As evidências disponíveis sugerem que quem está em maior risco são aqueles que tiveram contato físico próximo com alguém com varíola dos macacos, enquanto são sintomáticos”, explicou.

A agência acrescentou que boa parte dos novos casos foi identificada em homens que tiveram relação sexual com outros homens e buscaram assistência em clínicas de saúde sexual.

Para conter o surto, a OMS afirmou que está informando a população com maior risco de infecção e orientando profissionais de saúde.

Poder360

Foto: Reprodução/Rede Social

Austin St. John, o primeiro Power Ranger vermelho, foi preso na última sexta-feira (20/5) em sua casa, no Texas (EUA), por suspeita de ter fraudado informações para obter o auxílio emergencial contra a Covid-19.

Segundo o site norte-americano TMZ, o intérprete de Jason na série de ação foi preso com outras 17 pessoas acusadas de fraude. O artista de 47 anos teria atuado em um esquema para fraudar o programa de proteção a pequenas empresas afetadas pela pandemia.

Investigação policial aponta que Austin St. John teria roubado US$ 3,5 milhões (aproximadamente R$ 17 milhões) por meio 16 empréstimos ilegais. A equipe de Austin St. John publicou no Instagram uma nota eximindo o ator de culpa pelas fraudes.

“A acusação detalhada hoje é preenchida por uma multidão de indivíduos – a maioria dos quais Austin não tem conhecimento e nunca conheceu ou interagiu. É de nosso entendimento que Austin colocou sua fé, reputação e finanças nas mãos de terceiros cujos objetivos eram egocêntricos e, em última análise, manipularam e traíram sua confiança. Esperamos que a equipe jurídica de Austin se defenda com sucesso dessas acusações e leve à sua exoneração final. Pedimos que vocês respeitem a privacidade da família de Austin à luz dessa situação grave e agradecemos seu apoio.”

Metrópoles

Foto: Divulgação

Estimular as papilas gustativas da língua para devolver o paladar e reduzir efeitos colaterais nos pacientes em tratamento contra alguns tipos de câncer. É essa a proposta da Jujuba Nutrinim, um projeto desenvolvido por uma equipe de cinco alunos do Serviço Social da Indústria (Sesi) de Natal e São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana da capital.

O projeto surge com a ideia de amenizar as sequelas físicas e mentais causadas pelo câncer em si e pelas terapias exaustivas de combate à doença, explica Cailany Cavalcante, estudante do Sesi e uma das integrantes da equipe responsável pela jujuba. A equipe também estuda uma forma de usar a Nutrinim no tratamento da perda do paladar pós-covid.

Ela conta que durante intervenções, como quimioterapia ou radioterapia, utilizadas para destruir células cancerígenas, outras células também acabam sendo afetadas pelo tratamento, o que pode causar quedas de cabelo, fadiga, náuseas, feridas, além da perda do apetite e do paladar.

“No tratamento oncológico, quando os pacientes se submetem à quimioterapia, o processo acaba matando células benignas. A intenção é matar as malignas, mas as benignas também são afetadas. Na nossa boca tem células, chamadas papilas gustativas, e o tratamento acaba acometendo essas células e elas não têm tempo suficiente para se regenerar”, detalha.

Tribuna do Norte

Foto: Sérgio Lima/Poder360

O Comsefaz (Comitê Nacional de Secretários de Fazenda, Finanças, Receita ou Tributação nos Estados e do Distrito Federal), tenta atrasar o julgamento no STF da suspensão do convênio entre Estados para a cobrança do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) sobre o diesel.

Segundo ofício, ao qual o jornal Valor Econômico teve acesso, o Comitê solicitou ao ministro Paulo Guedes (Economia) que envie uma petição à Corte para não deliberar qualquer extensão cautelar sem a “oitiva” formal do Confaz (Conselho Nacional de Política Fazendária), órgão presidido pelo chefe da Economia.

Em 13 de maio, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), André Mendonça, suspendeu as regras que permitiam a cada Estado cobrar um valor diferente de ICMS sobre o diesel. A decisão atendeu a um pedido da AGU (Advocacia Geral da União), que havia protocolado uma ação na Corte questionando a cobrança desigual do imposto sobre o combustível em cada Estado.

Um dia depois da decisão da Corte, o Comitê já havia decidido questionar a liminar de Mendonça. A previsão é que o Conpeg (Colégio Nacional de Procuradorias Gerais dos Estados e do Distrito Federal) apresente a defesa Estadual por meio de nota técnica produzida pelos secretários estaduais de Fazenda.

Poder360

 

 

Mais um realizado pela Secretaria de Seviços Públicos, que tem à frente, Alderlan Lenilson. A estrada do “Cumbe” está 100% recuperada. A gestão municipal de Assú com o prefeito, Dr. Gustavo Soares e a vice, Fabielle Bezerra, trabalhando para atender as necessidades dos munícipes. O ano de 2022 está sendo de grandes realizações nesse sentido, assegurando mais qualidade de vida ao município.

Emanuel do blog de olho no RN

Hoje (20), representada pelo prefeito Gustavo Soares, a Prefeitura Municipal do Assú esteve participando de uma audiência pública na câmara de Alto do Rodrigues, a qual tratou da atual condição dos proprietários de imóveis rurais de toda região que possuem contrato de exploração de poços através da Petrobras.

 

Por proposição do deputado estadual George Soares, o encontro teve como tema os prejuízos causados aos proprietários com a nova metodologia de pagamentos adotada pela empresa de exploração de petróleo. Com a discussão, espera-se chegar a um consenso diante das negociações que envolvem municípios como Assú e outros da região.

A ocasião também contou com a presença de vereadores do Assú e das demais cidades, de secretários, do prefeito de Alto do Rodrigues, Nixon Baracho, além de representantes de empresas terceirizadas.

Foto: Valdecir Galor/SMCS

O Rio Grande do Norte vacinou 26% do público-alvo contra a gripe e 30% contra o sarampo desde o início da campanha deste ano, há mais de um mês. Os dados foram fornecidos nessa sexta-feira (20) pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), que considera uma “baixa adesão”.

As campanhas de imunização contra as duas doença foram iniciadas juntas em 4 de abril e e a meta da pasta é vacinar 90% do público contra a gripe e 95% contra o sarampo.

A meta é vacinar, no mínimo, 95% das 207.896 crianças que podem receber a dose contra o sarampo. Até o momento, segundo a Sesap, foram aplicadas 63.957 doses.

Até o momento, foram aplicadas 338.110 doses da vacina, o que representa apenas 26% do público a ser vacinado. Para a influenza a meta é vacinar, no mínimo, 90% de cada um dos grupos prioritários.

g1 RN

Foto: Reprodução

Em uma reunião de emergência nessa sexta-feira (20) sobre o surto de varíola dos macacos, a Organização Mundial da Saúde (OMS), confirmou que ao menos 80 casos da doença foram registrados no mundo e outros 50 continuam em investigação.

Nos próximos dias, é provável que mais casos sejam relatados à medida que a vigilância epidemiológica for expandida, segundo a OMS.

“A OMS está trabalhando com os países afetados e outros para expandir a vigilância da doença para encontrar e apoiar as pessoas que podem ser afetadas e fornecer orientações sobre como gerenciar a doença”, disse a agência da ONU, em um comunicado divulgado nessa sexta.

No Brasil, segundo confirmou o Ministério da Saúde, ainda não há relatos de casos, mas na Alemanha, um brasileiro de 26 anos, que esteve em Portugal e na Espanha, foi infectado.

g1

Foto: STR / AFP

De pé em trajes de proteção vermelho brilhante, cinco profissionais de saúde norte-coreanos caminham de forma resoluta em direção a uma ambulância enquanto o país luta contra um surto de Covid-19 usando antibióticos e remédios caseiros, já que não tem vacinas.

O país isolado é um dos dois únicos que ainda não iniciaram uma campanha de vacinação e, até a semana passada, insistiu que estava livre da Covid. Agora, mobiliza forças, incluindo o Exército, e uma campanha de informação pública para combater o que as autoridades reconheceram ser um surto “explosivo”.

Medicação “alternativa”

Para tratar a Covid e seus sintomas, a mídia estatal incentivou os pacientes a usar analgésicos e redutores de febre, como ibuprofeno, amoxicilina e outros antibióticos — que não combatem vírus, mas às vezes são prescritos para infecções bacterianas secundárias.

Enquanto anteriormente menosprezou as vacinas como nada além de “panaceia”, a mídia recomendou gargarejar água salgada ou beber chá de madressilva ou de folhas de salgueiro três vezes ao dia.

O Globo

EM ASSU, VIVA BEM COM O \
EM ASSU, VIVA BEM COM O \"EMPÓRIO NATURAL\", NUNCA A NATUREZA FOI TÃO EFICAZ COMO HOJE, APROVEITE E ENTRE EM CONTATO 84 9688 9867
Encanto das Flores Pipa Apartamento e condomínio Aqui o seu pet é bem-vindo Horário de atendimento das 08h às 18h De segunda à sábado. Valores, orçamentos e demais informações pelo WhatsApp ⤵️ wa.me/5584987661984
Encanto das Flores Pipa Apartamento e condomínio Aqui o seu pet é bem-vindo Horário de atendimento das 08h às 18h De segunda à sábado. Valores, orçamentos e demais informações pelo WhatsApp ⤵️ wa.me/5584987661984
(84) 99910-2557 (84) 2143-0489
(84) 99910-2557 (84) 2143-0489
SORVETERIA CAVALCANTE. Contate-nos pelos telefones: 84 9987-1940 e 84 3331-3592.
SORVETERIA CAVALCANTE. Contate-nos pelos telefones: 84 9987-1940 e 84 3331-3592.
CENTRAL PRÉ-MOLDADOS E CONSTRUÇÃO
CENTRAL PRÉ-MOLDADOS E CONSTRUÇÃO
SAÚDE: DROGARIA SANTA RITA ABERTA DIARIAMENTE DAS 8 DA MANHÃ ÀS 21 HORAS
SAÚDE: DROGARIA SANTA RITA ABERTA DIARIAMENTE DAS 8 DA MANHÃ ÀS 21 HORAS
Nilo Auto Peças
CHURROS DO CHAVES, SUCESSO COM A GAROTADA NA PRAÇA SÃO JOÃO BATISTA!   Churros deliciosos e com entrega delivery, também temos crepes saborosíssimos! Atendemos de quarta a domingo e feriados, peça o seu churros e se delicie com a garotada!
CHURROS DO CHAVES, SUCESSO COM A GAROTADA NA PRAÇA SÃO JOÃO BATISTA! Churros deliciosos e com entrega delivery, também temos crepes saborosíssimos! Atendemos de quarta a domingo e feriados, peça o seu churros e se delicie com a garotada!
Bonittas: ZAP 84 99943-7112
Bonittas: ZAP 84 99943-7112
Nilo
Nilo

Facebook

whatsapp