Foto: Josenilson Rodrigues / Busão de Natal

Retomou nesta quarta-feira (1º), o funcionamento da linha de ônibus que opera no campus da Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Diferentemente de como funcionava a anterior, a atual cobra tarifa dos passageiros. O valor integral é de R$ 3,20, e para quem tem o benefício da meia-entrada é de R$ 1,60.

Segundo a Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (STTU), os passageiros que vierem de outras localidades pelo transporte público poderão fazer integração no Alimentador UFRN, nome que foi dado à linha de ônibus. A retomada da rota foi decidida em reunião nessa terça-feira (30), que contou com a titular da STTU, Daliana Bandeira.

Devido à pandemia do coronavírus e a suspensão de aulas presenciais na UFRN, a linha que operava no campus havia, também, sido suspensa. Antes, a entrada nos ônibus era liberada.

Os ônibus que acessam a UFRN são utilizados, principalmente, por estudantes da universidade, bem como servidores e população em geral.

Com informações de Tribuna do Norte

Foto: Canindé Soares / G1

Enquanto algumas das capitais do país decidiram pela suspensão das festas de réveillon temendo a propagação da variante ômicron, Natal segue com a programação mantida. Até a manhã desta quarta-feira (1º), o Município ainda não havia discutido sobre a possibilidade de suspensão das atividades previstas.

Em outubro, com a situação da pandemia considerada favorável – como é a situação do momento -, a Prefeitura anunciou realização de um pregão eletrônico para o dia 14 deste mês para a contratação da empresa responsável por realizar a queima de fogos no Réveillon.

Até a terça-feira, já haviam cancelado o réveillon Fortaleza (CE), Salvador (BA), João Pessoa (PB), Recife (PE), Aracaju (SE), Belo Horizonte (MG), Florianópolis (SC), Campo Grande (MS), São Luís (MA), Palmas (TO), Curitiba (PR) e Brasília (DF). As outras cidades ainda não se pronunciaram sobre a manutenção ou cancelamento. Em Natal, até agora, não há uma reunião prevista para tratar do tema.

O comitê científico do Estado vai analisar a situação da pandemia na próxima segunda-feira (6), em sua reunião semanal ordinária. Do encontro pode sair algum tipo de orientação com relação aos festejos de fim de ano. Pelo lado do Município, contudo, não há a confirmação se haverá uma discussão acerca da situação com a nova variante do coronavírus.

Com informações de Tribuna do Norte

Foto: Divulgação

Se aventurando no mundo da política, o ex-juiz Sergio Moro e o ex-procurador da República Deltan Dallagnol podem enfrentar outro desafio: a Lei Complementar 64/90, incluída pela Lei da Ficha Limpa. O primeiro artigo da legislação esclarece que juízes e promotores que renunciarem ao cargo ou se aposentarem “na pendência de processo administrativo disciplinar (PAD)” ficarão inelegíveis por oito anos. Dallagnol tem um PAD pendente e Moro, quando deixou o cargo, tinha em curso um “pedido de providências”, que não significa um PAD, mas gera dúvidas.

De acordo com o advogado Renato Ribeiro de Almeida, especialista em direito eleitoral, existe probabilidade de uma abertura de processo de impugnação das candidaturas. “E isso, no mínimo, constrangerá a eventual candidatura de Moro ou Dallagnol, pois ironicamente, terão que se defender solicitando interpretação benevolente (não tão rigorosa) da Lei da Ficha Limpa”, observa.

“Sobre Moro, em caso de não haver PADs no qual é parte, não há, a princípio, óbice a sua candidatura, eis que não possui condenação criminal transitada em julgada por órgãos colegiados”, afirma o advogado Karlos Gad Gomes.

Dallagnol, assim como Moro, deixou o cargo para se dedicar à vida política. O ex-juiz da Lava-Jato esteve à frente do Ministério da Justiça e Segurança Pública durante um ano e quatro meses, mas saiu da pasta envolvido em uma série de polêmicas. Ele acusou Bolsonaro de interferir politicamente na Polícia Federal para proteger seus filhos e aliados. Agora, Moro pretende concorrer à Presidência da República pelo Podemos.

Foto: Divulgação

A polícia de Goiás está diante de um caso semelhante àquele ocorrido em junho deste ano, envolvendo o ‘serial killer’, Lázaro Barbosa. Trata-se de Wanderson Mota Protácio, de 21 anos, suspeito de matar a mulher grávida, a enteada e um fazendeiro em Corumbá de Goiás. Ele está foragido, escondido na mata do cerrado entre Alexânia e Abadiânia, na zona rural.

Wanderson já está sendo chamado de ‘Lázaro 2.0’ ou ‘Novo Lázaro’, em razão da semelhança com o caso que chocou o Brasil inteiro no meio do ano. A polícia local divulgou nesta segunda-feira um telefone para receber denúncias e informações sobre o paradeiro do suposto criminoso.

Chacina

A chacina ocorreu no último domingo. O suspeito matou a esposa, Rânia Aranha Figueiro, de 21 anos, além da enteada Geysa Aranha da Silva Rocha, de 2 anos. Depois matou o fazendeiro Roberto Clemente de Matos, de 73 anos, de quem roubou uma caminhonete com o intuito de fugir da região. Ele ainda teria tentado estuprar a esposa do fazendeiro, mas não conseguiu. Acabou atirando no ombro da mulher.

Wanderson havia sido preso em 2019, por tentativa de feminicídio. Ele tentou matar a ex-mulher a facadas. No entanto, foi solto no início deste ano. De acordo com o site Metrópoles, um amigo de Wanderson afirmou que o suposto assassino era fã de Lázaro Barbosa. A diferença, segundo o amigo, é que Wanderson não tem experiência sobre como sobreviver na mata.

ND Mais

O bloco das Carmelitas é um dos representados pela Sebastiana — Foto: WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO

O bloco das Carmelitas é um dos representados pela Sebastiana — Foto: WILTON JUNIOR/ESTADÃO CONTEÚDO

Associações ligadas ao Carnaval de Rua da cidade do Rio afirmam que a decisão sobre a realização da festa em fevereiro de 2022 deve ser basear nos indicadores do Comitê Científico da Prefeitura sobre a situação da Covid na cidade até janeiro.

Nesta terça-feira (30), o prefeito Eduardo Paes declarou que “não vai cancelar eventos, como o réveillon e o carnaval, e criar pânico na população” antes de ter embasamento técnico sobre a variante ômicron do coronavírus.

Para a presidente da Associação Independente dos Blocos de Carnaval de Rua da Zona Sul, Santa Teresa e Centro da Cidade do Rio (Sebastiana), Rita Fernandes, “é prematuro demais dizer nesse momento que não vai ter carnaval ou que vai ter”.

“O Comitê Científico diz que se os índices continuarem caindo e atingirem a meta que está sendo atingida, a gente consegue fazer carnaval. Nós decidimos aguardar e acompanhar o trabalho do comitê depois do Reveillón. E em janeiro, vamos tomar decisão definitiva se pode ou não fazer o carnaval”, disse Rita.

E acrescentou:

“Se não houver condição de segurança para fazer a festa, seremos os primeiros a cancelar o Carnaval. Mas não vamos tomar nenhuma atitude precipitada. A gente quer a ciência e o que a ciência tem para nos dizer, e é sobre isso que a gente vai decidir”.

Para o Desliga dos Blocos, movimento em defesa do Carnaval Livre, “há razão para estarmos otimistas quanto à realização do Carnaval”, mas é preciso esperar até janeiro.

G1

Por g1

Fila para vacinação em Berlim, em 1º de dezembro de 2021 — Foto: Annegret Hilse/Reuters

Fila para vacinação em Berlim, em 1º de dezembro de 2021 — Foto: Annegret Hilse/Reuters

Alemanha teve nesta quarta-feira (1º) o registro diário com o mais alto número de mortes por Covid-19 desde fevereiro, com 446 óbitos.

Os hospitais afirmaram que o país pode ter cerca de 6.000 pessoas nas unidades de tratamento intensivo até o fim de dezembro, mais do que no ano passado.

O Instituto Robert Koch, a agência responsável pelo combate às doenças infecciosas, registrou mais de 67 mil casos de Covid-19.

Alemanha bate recorde de novos casos de Covid-19 em toda pandemia

Alemanha bate recorde de novos casos de Covid-19 em toda pandemia

A média móvel de 7 dias do índice de infecção, no entanto, caiu de 452,2 infecções por 100 mil pessoas para 442,9 por 100 mil pessoas.

O governo do país e os governos regionais concordaram em tomar ações mais enérgicas para combater a quarta onda. A ideia é intensificar a campanha de vacinação e restringir os contatos, principalmente das pessoas não vacinadas.

Os políticos já foram criticados por cientistas por demorar demais para tomar ações.

Há propostas como obrigar os clientes a mostrar prova de vacinação para que entrem em lojas ou limitar o número de pessoas em grandes eventos.

Gernot Marx, presidente da associação de médicos intensivistas, afirmou que o número de pessoas na UTI pode ser alto mesmo com a imposição dessas medidas.

Variante ômicron

Quatro pessoas no sul do país testaram positivo para a variante ômicron, mesmo vacinadas.

Três haviam voltado de uma viagem de negócios na África do Sul no fim de novembro, e a quarta é da família de um desses infectados. Todos tiveram sintomas leves.

Arthur Miguel é um lindo bebezinho potiguar que nasceu em junho de 2020. Infelizmente, ele tem uma doença muito séria e rara chamada AME (atrofia muscular espinhal). O tratamento consiste em uma dose única de um medicamento denominado ZOLGENSMA, da empresa suíça Novartis, que custa a incrível soma de 12 milhões de reais (aproximadamente 2,1 milhões de dólares).

Mas essa dose única pode mudar a vida de uma criança.  Para ter uma boa qualidade de vida, Arthur Miguel precisa tomar este medicamento o mais rápido possível, até os dois anos de idade. Para piorar a situação, seu pai morreu em agosto de 2020 em um acidente de moto, deixando sua mãe sozinha para cuidar do bebê.

 

(mais…)

A Caern inicia nesta quarta-feira (1), mais uma etapa de campanha de negociação de débitos para facilitar a vida dos clientes que têm débitos em atraso. Com condições favoráveis e opções de parcelamento da dívida, os consumidores poderão ficar em dia com a companhia, pagando de acordo com suas possibilidades econômicas.
A campanha vai até o dia 10 de janeiro e abrange os débitos anteriores a setembro de 2021. O cliente pode aproveitar as vantagens para colocar em dia suas contas, mesmo nos casos em que a cobrança já esteja sendo feita pela via judicial.

Para o pagamento do débito total à vista, serão concedidos descontos de 100% sobre os juros de mora e das multas por impontualidade. Também será concedido desconto de 50% sobre multas regulamentares por infração e consumos acumulados atrasados decorrentes da constatação de fraudes ou irregularidades.

Para os parcelamentos, a entrada deve ser de pelo menos 5% do total da dívida, com o saldo podendo ser parcelado em até 48 vezes, desde que o valor da parcela seja, no mínimo, 50% do valor médio da fatura do imóvel. O cliente também pode incluir débitos negociados anteriormente e ainda não saldados, mas neste caso, a entrada deve ser de no mínimo 10% do total do débito.

Os clientes interessados podem fazer o acordo por vários canais, sejam os virtuais ou os escritórios de atendimento (mediante agendamento prévio). Pelos canais de atendimento da Caern, também é possível negociar as faturas com o cartão de crédito, sem entrada, com isenção de juros e multas, em até 24 vezes e com parcela mínima de R$ 5.
Fonte: Caern

Faleceu nesta quarta-feira (1), em Mossoró, o ex-deputado estadual Jota Belmont. Radialista e blogueiro, ele lutava conta um câncer e não resistiu.

Jota Belmont era natural de São José do Campestre. Começou sua vida no rádio no início dos anos 60, nas rádios Trairi e Cabugi. Nos anos 70 ele desembarcou em Mossoró, onde ficou famoso na Rádio Difusora com programas policiais e de variedade.

Ex-comerciário, ex-vereador, ex-deputado estadual, ex-locutor de comícios, radialista e blogueiro, Belmont era considerado uma das lendas da radiodifusão no interior do Estado.

O casal de brasileiros identificado nesta 3ª feira (30) com a variante ômicron do coronavírus entrou no Brasil sem certificado de vacinação contra a covid-19. A medida não é obrigatória no país. A informação foi confirmada ao Poder360 pela Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo.

Os 2 cidadãos chegaram ao Aeroporto de Guarulhos em 23 de novembro. Tiveram diagnostico positivo para doença em 25 de novembro. O sequenciamento genético para descoberta da variante só ficou pronto na tarde desta 3ª feira (30.nov).

O casal está em isolamento domiciliar, passa bem e não apresenta sintomas da doença. Equipes da Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo estão no local para acompanhamento e rastreamento de contatos.

Poder 360

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, disse na 3ª feira (30) que um flanelinha que atua na Zona Sul do Rio de Janeiro ganha até R$ 4.000 por mês. Em debate sobre desigualdade regional, Marinho comparou o flanelinha com quem trabalha tangendo animais no interior do Rio Grande do Norte, que, segundo ele, ganha R$ 200 mensais.

“Um flanelinha no Leblon ganha R$ 3.000, R$ 4.000 por mês. O flanelinha. Mas alguém em Jucurutu, no interior do meu Estado, Rio Grande do Norte, tangendo animais, ganha R$ 200. É uma realidade completamente diferente, as pessoas têm que entender isso para poder compreender o que é nosso país”, disse o ministro.

Ao ser questionado sobre o aumento da informalidade, Marinho minimizou: “O Brasil sempre teve problema estrutural na geração de seus empregos. Sempre tivemos pelo menos metade da nossa mão de obra na informalidade, isso não é nenhuma novidade”.

Foto: Juan Ruiz Paramo/Getty Images

A Anvisa confirmou 2 casos da ômicron, nova variante do coronavírus, no Brasil nesta terça-feira (30). Um casal que chegou da África do Sul presentou resultado laboratorial positivo para a variante Ômicron da Covid-19, após testagem realizada pelo laboratório Albert Einstein.

Esses são os primeiros infectados no Brasil. A amostra dos pacientes passará por uma análise extra no Instituto Adolfo Lutz, para garantir que se trata da variante. Os casos confirmados são de um viajante vindo da África do Sul e de sua mulher. Ele desembarcou em Guarulhos em 23 de novembro. O viajante entrou no país antes da notificação mundial sobre a nova variante.

Antes de viajar ao Brasil, ele havia realizado um teste RT-PCR com resultado negativo. O passageiro realizou novamente o exame em 25 de novembro, para regressar ao país africano, dessa vez com sua mulher. O teste de ambos foi positivo.

O diagnóstico foi comunicado ao Cievs (Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde) de São Paulo. O hospital Albert Einstein então realizou o sequenciamento genético das amostras.

A Anvisa notificou o Ministério da Saúde e as Secretarias de Saúde estadual e municipal de São Paulo sobre os casos. Dessa forma, os órgãos podem tomar as medidas necessárias para evitar a propagação da nova variante. O Cievs deve monitorar os casos da cepa no país.

Poder 360

Foto: JEFFERSON RUDY/AGÊNCIA SENADO/JC

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) manteve, nesta terça-feira, 30, o foro privilegiado do senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) no caso das rachadinhas. O parlamentar é acusado pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) de liderar uma organização criminosa que recolhia parte dos salários de seus funcionários na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) na época em que era deputado estadual.

O operador do esquema seria Fabrício Queiroz, ex-policial militar e ex-assessor do filho Zero Um do presidente Jair Bolsonaro. O MP-RJ pedia ao STF a cassação da decisão do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ)  que concedeu foro privilegiado ao senador.

A sentença, dada pela 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio em 29 de junho de 2020, permitiu que as investigações saíssem da primeira instância e fossem direto ao órgão máximo da Justiça do Rio. Gilmar Mendes, Nunes Marques e Ricardo Lewandowski consideraram “improcedente” o pedido apresentado pelo MP-RJ. Mendes, relator da reclamação, considerou que o Ministério Público perdeu o prazo para recorrer da decisão junto ao TJ-RJ.

“O fato dessa discussão não ser apreciada por essa Suprema Corte por via natural do RE (recurso extraordinário) se dá em razão do reclamante ter pedido, como cível, o prazo para recorrer”, explicou o ministro. Apenas o ministro Edson Fachin votou a favor. “A prerrogativa de função não equivale a privilégio pessoal, mas condiz unicamente com a proteção funcional”, declarou.

O prefeito de Maxaranguape, Luiz Eduardo, anunciou nesta terça-feira (30), o cancelamento da festa de réveillon no município.

“Levando em consideração que essa festa atrai de 15 a 20 mil visitantes, entre turistas regionais, nacionais e internacionais, mesmo com um ótimo índice de vacinação em nosso município, preferimos, não foi uma decisão fácil, cancelar o réveillon, preocupados com a saúde da nossa população”, disse.

O prefeito também informou que festas em residências serão permitidas. Ao mesmo tempo ele pediu que todas as recomendações sanitárias sejam seguidas.

Leia o comunicado na íntegra:

A Prefeitura de Maxaranguape informa que não realizará a festa de reveillon e queima de fogos, que inicialmente estava prevista para acontecer no Areal em Barra de Maxaranguape. Diante da incerteza apresentada no cenário mundial com os números crescentes na Asia e Europa com a nova variante Ômicron do coronavírus, o Prefeito Luiz Eduardo tomou essa decisão final por entender que o momento ainda é de precaução e cautela, e necessário para zelar pela saúde dos nossos munícipes.

Mesmo com a vacinação indo muito bem no município e sem casos graves há muito tempo, a possível grande circulação de pessoas nesse período e consequentemente, as aglomerações, podem ser muito impactantes em nossos números, que estão seguros até agora.

Esperamos que muito em breve, possamos voltar a realizar as comemorações que tanto alegram a nossa população.

Ainda nesta terça-feira (30), a Prefeitura do Assú realizou um encontro para prestação de contas do trabalho realizado pela Secretaria Municipal de Saúde, fazendo também um balanço de como tem sido a cobertura vacinal do município para o combate da covid-19. O prefeito Gustavo Soares e a vice-prefeita Fabielle Bezerra avaliaram essas ações juntamente com Débora Cavalcante, secretária da pasta.

 

A instalação de um novo local de acesso às vacinas no centro da cidade e a adesão da campanha de Mega Vacinação com força-tarefa foram medidas importantes que a gestão municipal adotou, pois intensificou o trabalho para que os assuenses sejam totalmente vacinados, facilitando ainda mais a cobertura da imunização.

 

Além dessas ações, a SMS tem adotado diversas maneiras de conscientização sobre a importância da vacina contra o coronavírus e sobre a necessidade de continuar tomando todos os cuidados necessários para evitar a propagação do vírus. A Prefeitura reforça que mais de 70% da população assuense está parcialmente imunizada, mas é necessário que todos concluam o ciclo vacinal.

Faleceu nesta terça-feira (30), o ex-vereador e ex-prefeito de Natal, Ney Lopes Júnior.

Ele foi encontrado morto em sua residência pela noiva.

Daqui desse canto fica o nosso abraço no ex-deputado Ney Lopes e em Dona Abigail, nas suas irmãs e em todos os familiares.

Mais informações em instantes.

 

Na manhã de hoje (30), o prefeito Gustavo Soares esteve reunido com Ivan Pinheiro (secretário de governo), Carlos Antônio e Francisca Oliveira (secretário adjunto e servidora de obras) em conversa sobre as doações dos terrenos realizadas pela Prefeitura do Assú para a construção de novos empreendimentos no Centro Industrial Sandoval Martins.

 

As empresas que foram beneficiadas com os terrenos são voltadas para oficina de lanternagem, elétrica de autos e energia solar. Esta ação da Prefeitura do Assú busca fortalecer a economia local, incentivar o comércio e o empreendedorismo, além de garantir maior geração de emprego e renda para o Assú.

 

“É compromisso da Prefeitura seguir trabalhando e investindo em projetos que beneficiem os comerciantes assuenses, promovendo qualificação e gerando mais empregos e renda para o nosso município”, enfatizou o prefeito Gustavo Soares.

Por Gabriela Sarmento, g1

Grupo de pagode Menos É Mais fez show para 15 mil pessoas em Manaus — Foto: Reprodução/Instagram/MenoséMais

Grupo de pagode Menos É Mais fez show para 15 mil pessoas em Manaus — Foto: Reprodução/Instagram/MenoséMais

Depois de mais de um ano e seis meses, o mercado do entretenimento volta a ficar movimentado com uma rapidez impressionante no Brasil.

Ingressos para shows e festivais esgotam em minutos — independente do preço, do lugar e do tamanho da casa de show.

A euforia deste momento de retomada é celebrada pelo setor, um dos mais afetados pela paralisação completa das atividades com a pandemia, mas já era de alguma forma esperada.

“Os primeiros shows estão surfando essa onda da demanda represada”, explica Marco Antônio Tobal Junior, sócio-diretor do Espaço das Américas, Expo Barra Funda e Villa Country.

(mais…)

Foto: Divulgação / Getty Images via BBC

A secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap) emitiu nesta terça-feira um ‘comunicado de risco’ em relação a nova variante do coronavírus – a ômicron – com uma série de recomendações aos municípios potiguares.

No documento, a Sesap orienta que os municípios façam uma busca ativa diária de pacientes com suspeita de Covid-19, “com especial atenção para viajantes provenientes da África do Sul, Botsuana, Eswatini, Lesoto, Namíbia e Zimbábue, países onde foram detectados a nova variante”.

Os casos suspeitos da variante, segundo a Sesap, devem ser imediatamente comunicados ao Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS-RN).

As pessoas que se enquadrarem na definição de caso suspeito de Covid e que sejam provenientes dos países onde foram detectados a nova variante devem fazer o exame PCR. Em caso de resultado positivo para Covid, os municípios devem solicitar uma a triagem para sequenciamento genômico do SARS-COV-2.

De acordo com a Sesap, não há registro de nenhum caso suspeito da variante ômicron no Rio Grande do Norte.

G1 RN

Foto: Divulgação

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou, nesta terça-feira (30), por 16 votos a 10, o parecer favorável do líder do governo, Fernando Bezerra (MDB-PE), à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que trata da renegociação do pagamento de precatórios.

Com a aprovação na comissão, a matéria vai ao plenário. A vontade do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), é concluir a votação da PEC nesta quinta-feira (2/12). Governistas, no entanto, pressionam para que a proposta seja pautada ainda nesta tarde.

Por se tratar de uma PEC, a apreciação da proposta ocorrerá em dois turnos, sendo necessários 49 votos favoráveis dos 81 senadores para sua aprovação. Em caso de aprovação pelo plenário, a proposta voltará à Câmara dos Deputados, uma vez que sofreu alterações na redação.

A redação aprovada nesta manhã pelo colegiado foi apresentada pelo líder do governo e relator da proposta, Fernando Bezerra (MDB-PE). O emedebista acatou 18 das mais de 40 emendas sugeridas pelos senadores, a fim de ampliar o apoio da proposta na Casa e evitar, portanto, seu arquivamento. Os senadores Alessandro Vieira (Cidadania-SE) e Rogério Carvalho (PT-SE) apresentaram votos em separado ao relatório.

O relator afirmou que o texto aprovado pela CCJ nesta manhã sofreu “alterações pontuais” e, em sua maioria, de natureza redacional. “Houve um grande esforço desta relatoria, que em contato com as lideranças da Casa e do governo construiu um texto que alcançasse o maior consenso”, defendeu.

Metrópoles

Encanto das Flores Pipa Apartamento e condomínio Aqui o seu pet é bem-vindo Horário de atendimento das 08h às 18h De segunda à sábado. Valores, orçamentos e demais informações pelo WhatsApp ⤵️ wa.me/5584987661984
Encanto das Flores Pipa Apartamento e condomínio Aqui o seu pet é bem-vindo Horário de atendimento das 08h às 18h De segunda à sábado. Valores, orçamentos e demais informações pelo WhatsApp ⤵️ wa.me/5584987661984
CENTRAL PRÉ-MOLDADOS E CONSTRUÇÃO
CENTRAL PRÉ-MOLDADOS E CONSTRUÇÃO
SORVETERIA CAVALCANTE. Contate-nos pelos telefones: 84 9987-1940 e 84 3331-3592.
SORVETERIA CAVALCANTE. Contate-nos pelos telefones: 84 9987-1940 e 84 3331-3592.
SAÚDE: DROGARIA SANTA RITA ABERTA DIARIAMENTE DAS 8 DA MANHÃ ÀS 21 HORAS
SAÚDE: DROGARIA SANTA RITA ABERTA DIARIAMENTE DAS 8 DA MANHÃ ÀS 21 HORAS

Facebook

whatsapp